Dr. André Lançoni
CRM 92348
Quero fazer uma consulta
Nome:

Telefone:

E-mail:

Tratamento:

Cirurgia:
Siga a Viver Bem
Cirurgia Plástica

Central de Atendimento

(11) 5084-7051

(11) 9-8658-0467
(11) 9-8361-4599

Prótese de Mama
Obtém não só aumento do volume mamário, em si como também um contorno mais jovial e definido, bem como melhor distribuição das mamas no tórax, tendo por objetivo um conjunto esteticamente agradável e harmonioso. Porem para mamas flácidas; que já tiveram amamentação pode ser necessário uma mamoplastia adicional, para corrigir a flacidez da pele. O médico pode fazer a incisão, pela aréola, sulco abaixo dos seios ou pelas axilas.

Anestesia: geral, peridural ou local com sedação;

Recomendações pré-operatórias

Comunicar-se conosco até a véspera da operação, em caso de gripe, indisposição ou antecipação do período menstrual. Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito lautas na véspera da cirurgia. Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja utilizando, por um período de 10 dias antes do ato cirúrgico. Isto inclui também certos diuréticos. Programe suas atividades sociais, domésticas, profissionais ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente dez dias;

Recomendações pós-operatórias

Evitar fazer esforços e movimentos bruscos, nos primeiros trinta dias. É recomendável o uso de soutien cirúrgico, para a sustentação da mama. É extremamente necessário fazer drenagens, para prevenir o inchaço (edema), auxilia a prevenção de fibrose ao redor da prótese, além de ajudar na recuperação mantendo um aspecto mais natural da mama;

Cicatrizes: discretas e pequenas;

Alta Hospitalar: normalmente 12 horas;

Indicação: a partir de 18 anos.

Tipos De Inclusão

01. Incisão via sulco mamário

A técnica de mamoplastia de aumento ou implante de prótese mamário é relapletivamente simples, pois resulta de uma intervenção de curta duração, baixo risco operatório e resultados bastante promissores.

As próteses mamárias atuais são de boa qualidade, resitência e durabilidade, sendo indicadas para promover harmonia e contorno ideiais para os seios.
A indicação técnica depende de uma avaliação médica criteriosa e detalhada, levando em consideração fatores genéticos, mudanças de peso, biotipo, gravidez e idade da paciente.

A escolha do tamanho das próteses mamárias e do plano ideal (submuscular, subfacial ou subglandular) deve ser bem esclarecida para obter melhores resultados para a paciente.

A cirurgia de implante de próteses mamárias, pode ser acrescida de uma mastopexia (lifting mamário), quando os seios se encontram flácidos e caídos.
A via de acesso pelo sulco mamário para a colocação de próteses mamárias resulta em cicatrizes normalmente discretas e posicionadas sob o sulco mamário.

02. Incisão via areolar

As próteses mamárias podem ser colocadas através da via aréolar. As cicatrizes resultantes são habitualmente discretas, porém esta técnica depende de que haja aréolos de tamanho adequados.
Esta técnica de implante de próteses mamárias é a melhor escolha para corrigir mamas tuberosas (bases estreitas e aréolas caídas).
As próteses mamárias podem ser posicionadas no plano submuscular, subfacial ou subglandular. A recuperação clínica da cirurgia de mamoplastia de aumento via areolar é habitualmente rápida, de baixo risco, resultando em cicatrizes discretas.
A avaliação técnica para o implante de silicone via areolar deve ser criteriosa e discutida com a paciente detalhadamente. Outros parâmentros avaliados devem ser o biotipo, genética, idade, mudança ponderal e gravidez.
Os tamanhos das próteses de silicone devem ser decididos conforme a avaliação do cirurgião plástico e decididos com a aceitação da paciente.

03. Incisão via axilar

As próteses mamárias podem ser colocadas através de uma incisão transmuscular. Esta técnica resulta em cicatrizes afastadas do sitio mamário.
Os implantes de silicone colocados por via axilar necessitam de um repouso mais cauteloso, uso de faixas e sutiãs para evitar a migração das próteses mamárias para a axila.
As pacientes que apresentam seios flácidos e caídos, não são boas candidatas para a colocação de próteses mamárias por via axilar.
Deste modo, a avaliação clínica prévia com o cirurgião plástico é fundamental. Outros fatores influenciam a indicação desta técnica: idade, biotipo, gravidez, mudança ponderal. A escolha do tamanho e formato da prótese mamária é fundamental para se obter melhores resultados da mamoplastia de aumento.